Sintsef-ba pleiteia mais democracia e participação dos trabalhadores na gestão do Hupes

11/05/2021 – Em fevereiro deste ano, o SINTSEF/BA encaminhou ofício ao Superintendente do Hospital Universitário Professor Edgard Santos (HUPES) com o objetivo de assegurar a participação de um representante dos trabalhadores da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares – EBSERH na reunião do Conselho Gestor do Complexo HUPES, que aconteceu naquele mesmo mês. A reunião teve como pauta principal o processo de consulta à comunidade para a escolha do nome que será encaminhado pela Reitoria da UFBA para ocupar o cargo de Superintendente do Complexo HUPES, Gestão 2019/2022.

O Processo de Consulta à Comunidade para Escolha do (a) Diretor (a) e Vice-diretor (a) ocorre a cada 4 anos, sendo regido pelo Cronograma e pela Normas Internas de Consulta, previamente aprovados pelo Conselho Gestor do Complexo HUPES. O Complexo segue sob a mesma direção, mesmo após eleição ocorrida em dezembro de 2018, que definiria a escolha do Diretor/ Superintendente para o quadriênio 2019-2022. O pleito foi considerado irregular e anulado por 9 (nove) votos a 1 (um),em 30/11/20, pela Comissão de Normas e Recursos do Conselho Universitário (Consuni).

O SINTSEF-BA julga ser importante garantir a participação de todos os trabalhadores e trabalhadoras nas decisões que definirão o futuro da gestão do complexo hospitalar. A representação nas reuniões do Conselho visa estimular e implementar a organização da categoria a partir do local de trabalho.

Não por acaso, entre as prerrogativas e deveres do Sindicato estão a  defesa dos direitos e interesses dos trabalhadores da sua base representada, em conformidade com o Estatuto, bem como a colaboração com os órgãos públicos. Esta colaboração também se estabelece através de atribuições de interesse da base, sobretudo no que se refere à fiscalização do trabalho e das condições de saúde, higiene e segurança do trabalho. Desse modo, afirma-se como plenamente justificada a representação sindical também na escolha do nome do próximo Superintendente do HUPES, que será encaminhada pela Reitoria da UFBA à EBSERH.

Em respeito a esses mesmos princípios de democracia, participação da base e transparência que norteiam as ações e decisões do sindicato, a própria indicação do representante da EBSERH também precisará ser submetida à aprovação dos trabalhadores. Neste sentido os trabalhadores da EBSERH participarão de assembleia extraordinária, quando convocada, para discutir e deliberar sobre os encaminhamentos e diretrizes que o representante sindical na reunião Conselho Gestor do COMPLEXO HUPES deverá seguir.