Setor jurídico pode ser contatado de diversas formas, além do telefone

29/01/2021 – Estamos passando por instabilidades em nossa central telefônica, o que tem dificultado o contato telefônico com o setor jurídico nos últimos dias. Como já informamos reiteradas vezes em nosso site, durante o período em que o SINTSEF-BA se encontra fechado para atendimento externo, por conta da pandemia de Covid-19, ao ligar para o número geral de nossa sede (71-3496-8387), em Salvador, o(a) filiado(a) é redirecionado(a) automaticamente para o telefone celular do setor jurídico. Margarete, funcionária do setor, está a postos para solucionar as dúvidas da categoria no horário de funcionamento do sindicato.

Ocorre que, mesmo assim, recebemos queixas de diversos filiados alegando dificuldades de estabelecer comunicação por conta de chamadas perdidas (não atendidas). Buscamos esclarecimentos com a operadora de telefonia e a assistência técnica responsável e fomos informados que nossa central telefônica não comporta cargas excessivas de chamadas, o que tem provocado esses problemas. Assim, mesmo quando parece estar em sinal de chamada, às vezes a linha está ocupada, com a funcionária prestando informações do outro lado.

Estamos tentamos resolver a situação. Enquanto isso, além de paciência, pedimos um pouco de compreensão e desculpas pelos transtornos. Caso não consiga falar em um determinado momento, tente contato em outro horário. Se ainda assim for difícil, sugerimos que busque outra forma de comunicação. Em nossa página, na internet, há um espaço para contato, através do envio de mensagens: https://sintsef.org.br/contato/ . O email do setor jurídico é [email protected]  Também estamos nas redes sociais: Facebook @sintsef e Instagram @sintsef_bahia .

Em Salvador, a equipe do advogado e assessor jurídico do SINTSEF-BA José Carlos Ribeiro responderá dúvidas sobre o andamento das ações judiciais encaminhadas pelo escritório através do Instagram: @ribeiroribeiroadv ; Email: [email protected] e Whatsapp:  (71) 99956-0965. No Rio, o escritório do advogado e assessor jurídico Geraldo Magela também responderá sobre as ações que acompanha através do email[email protected]