No “Fora Bolsonaro”, Brasil diz não à PEC 32/2020

26/07/2021 – Manifestações levaram milhares de pessoas às ruas de todo o país, exigindo o impeachment de Jair Bolsonaro e em defesa da vida, da saúde e do serviço público de qualidade. Entidades como o SINTSEF-BA e a CONDSEF, bem como a CUT e outras centrais sindicais, intensificaram a mobilização em torno do combate à Reforma Administrativa. O tema esteve presente nas faixas e cartazes dos servidores públicos das três esferas. O sindicato convocou sua base para defender a educação, o emprego e por auxílio emergencial de R$ 600,00.

Em Salvador, a caminhada saiu do largo do Campo Grande em direção à Praça Castro Alves. Núcleos regionais no interior do estado também participaram. O SINTSEF-BA continua firme em seu propósito de derrotar a Reforma Administrativa, ocupando as ruas e espaços virtuais para apresentar as informações que desmentem o discurso do governo e dialogar com a população, organizando novos protestos, demonstrando a força e a importância do serviço público para o Brasil. A ideia é também esclarecer a população a pressionar deputados e senadores para votarem contra a PEC 32/2020 da Reforma.

Para o SINTSEF-BA, o dia 26 serviu de “esquenta” para novos protestos que estão sendo organizados para mostrar ao governo de Bolsonaro que o povo brasileiro não aguenta mais tanto descaso e maldade. Além dos trabalhadores do serviço público, essas manifestações têm unificado as lutas de estudantes, trabalhadores do campo e da cidade e de toda a sociedade que é contra o governo de barbárie de Jair Bolsonaro. A luta contra a Reforma Administrativa interessa a todo mundo que depende do setor público, seja na Universidade Pública, na distribuição de vacinas, no controle ambiental ou regulação do preço dos alimentos, por exemplo.  

Confira imagens do evento em nosso site.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *