SINTSEF-BA visita parlamentares para barrar PEC 32

01/10/2021 – Os servidores públicos continuam com as atividades de pressão junto aos deputados federais para que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 32/2020 da Reforma Administrativa, não seja aprovada no plenário da Câmara, após o texto do relator Arthur Maia (DEM-BA) ter passado pela comissão especial com 28 votos a favor e 18 contrários.

Ontem, os dirigentes do SINTSEF-BA Edvaldo Andrade Pitanga e Jose Ubaldo Santana estiveram no gabinete do Deputado Federal Jorge Solla (PT-BA) para tratar de apoios estratégicos para barrar a Reforma Administrativa. A aprovação da PEC aprofundará o abismo em que o Brasil caiu desde o golpe de 2016, que derrubou a presidenta legitimamente eleita Dilma Rousseff. Significa, entre outras coisas, o fim do concurso público, a terceirização de todas as áreas de serviço público, precarização, privatização e arrocho salarial.

A reunião tratou ainda de outras importantes pautas de reconstrução do Brasil, a partir de 2023. “Vamos ter muito trabalho para recolocar os trabalhadores no centro do desenvolvimento do país, mas estamos prontos para esta luta”, afirmou José Ubaldo, Coordenador de Administração do SINTSEF-BA.

O SINTSEF-BA está distribuindo um panfleto para ajudar na mobilização (acesse nosso site para baixar ou entre em contato conosco para o envio). A ideia é que cada servidor (a) seja multiplicador (a) da luta contra a PEC 32/2020. O panfleto estará disponível em nosso site para download. Imprima, reproduza e distribua em sua cidade ou seu bairro ou nas manifestações. Precisamos intensificar a luta pela derrubada da Reforma no Congresso Nacional.

Acesse o “Na Pressão” ( https://napressao.org.br/campanha/diga-nao-a-reforma-administrativa ) e pressione deputados para que votem NÃO à PEC 32. Nosso objetivo é virar o maior número de votos em defesa dos serviços públicos. O recado é um só: Votou PEC 32, não volta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *