Pular para o conteúdo

Na pandemia das desigualdades, lema do SINTSEF-BA mostrou seu valor

  • Populares

20/09/2022 – O SINTSEF-BA completou 33 anos de fundação no último dia 28/08. As comemorações foram adiadas em função do momento crucial que atravessa o país, com uma eleição que – confiamos! – irá afastar de vez a onda maléfica, autoritária, retrógrada e violenta que se abateu sobre o Brasil desde a eleição de Jair Bolsonaro em 2018.

O Brasil passa por um dos momentos mais desafiadores da sua história. Os impactos do retrocesso dos últimos 4 anos são visíveis por toda a parte, com a nação tentando recuperar seu passo após enfrentar, simultaneamente, uma crise sanitária, econômica e política, para a qual só há perspectiva de superação com a derrota de Bolsonaro nas urnas.

Momento de aniversário é momento de celebrar a vida, de relembrar trajetórias, sonhar com o futuro e, claro, de refletir sobre as experiências vividas. Por isso, queremos propor uma série de reflexões para debate em forma de “cards” e textos como esse, que serão divulgados ao longo desta semana e parte da próxima em nosso site. O primeiro deles é “NA PANDEMIA DAS DESIGUALDADES, O LEMA DO SINTSEF-BA MOSTROU SEU VALOR: UM ELO DE SOLIDARIEDADE E LUTA”.

O Brasil é um dos líderes mundiais de um triste ranking, o do número de mortos pela COVID-19 (685 mil, desde 2020). A estatística é de um genocídio, mas o sindicato não se intimidou: desde o princípio, exigimos o combate efetivo à pandemia e o imediato afastamento do presidente Bolsonaro, responsável por transformá-la nesse cenário de horrores.  Enfrentamos a disposição na cúpula do Executivo Federal em retirar direitos, desmontar o serviço público, disparar os preços dos alimentos, trazer de volta a fome aos lares brasileiros e promover movimentos na sociedade civil de caráter neofascista.
Fiel ao princípio que nos rege desde a fundação – “Um elo de solidariedade e luta” – não tivemos dúvidas em mobilizar esforços e convocar nossa base a se juntar às organizações políticas e entidades sociais também comprometidas com a democracia. Fomos às ruas com a CUT e a CONDSEF/FENADSEF, unimos nossas forças a outras centrais sindicais, movimentos sociais e populares e setores organizados da sociedade civil.

“O momento eleitoral pede novamente esta unidade do campo progressista para estabelecer iniciativas conjuntas na defesa do nosso País” destaca Pedro Moreira, Coordenador Geral do SINTSEF-BA. É hora de reafirmar nosso compromisso com a democracia, com a proteção da vida e com os direitos sociais. “Sabemos que o povo brasileiro já saiu de muitas crises e que vamos mais uma vez sair desta que estamos vivendo. O SINTSEF-BA luta um Brasil livre da intolerância, da fome e do ódio”, diz Pedro. Vote certo e siga conosco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.