Assessoria da CONDSEF lança Cartilha que aponta mitos e verdades da Reforma da Previdência

Assessoria da CONDSEF lança Cartilha que aponta mitos e verdades da Reforma da Previdência

20 de maio de 2019

20/05/2019 - O governo diz que a reforma vai melhorar a vida dos pobres e que sua aprovação é a única saída para evitar o colapso das contas públicas. A Reforma de fato acabará com os privilégios do sistema? Será mesmo verdade ou estamos diante de mais uma série de notícias falsas, como as muitas que elegeram o atual presidente? Para esclarecer essas e muitas outras dúvidas que persistem em sua base e contribuir com o debate na sociedade, a assessoria jurídica da entidade, Wagner Advogados Associados, elaborou uma cartilha didática, disponível para consulta e download na página da entidade: clique no link para acessar https://www.condsef.org.br/documentos/mitos-verdades-sobre-reforma-previdencia.

A Condsef/Fenadsef está preocupada com o atual cenário de desconhecimento de um tema que afeta um direito fundamental como o da aposentadoria digna.  Uma pesquisa recente divulgada pelo Ibope mostrou que 31% dos brasileiros não conhecem o conteúdo da PEC 6, da reforma da Previdência, e que 23% nem sabem que o governo apresentou modificações para regras das aposentadorias no Brasil. Daqueles que dizem conhecer o conteúdo da proposta, 36% de acordo com a mesma pesquisa, mais da metade se diz contrária ao que traz a PEC.

Por isso há um tom didático da publicação, que traz, ao lado de cada informação que vem sendo veiculada pela imprensa nos últimos meses, um destaque informando o quanto há de Falso e o quanto há de Verdadeiro nela.  Estes últimos itens, aliás, interessam especialmente à classe trabalhadora, que contribuiu anos a fio para a Previdência e sonha com o benefício da aposentadoria.

Não por acaso, o governo tem enfrentado enormes dificuldades na tramitação da Reforma no Congresso. São medidas duras, impopulares, que mexem diretamente com o bolso do trabalhador e a economia do país. Trarão impactos graves nas políticas públicas, sobretudo no Estado Social, que vem sendo desmantelado neste governo, como saúde e educação. À exceção dos muito ricos, todos os setores serão atingidos pela reforma: trabalhadores do setor privado, servidores públicos, homens, mulheres, trabalhadores rurais e de áreas insalubres, pessoas com deficiência, professores, policiais, agentes penitenciários, pessoas mais pobres e de classe média, aposentados e pensionistas.

Por isso é tão importante buscar informações e somar esforços para vencer esta luta política. Combinada com a Reforma Trabalhista, que aprofundou o desemprego no país e extinguiu direitos, a reforma da previdência visa, essencialmente, manter privilégios para as classes mais abastadas, que não querem promover a igualdade social. Acesse a cartilha, esclareça suas duvidas e junte-se a nós nesta luta!

14 DE JUNHO – GREVE GERAL

É a partir do conhecimento do que está sendo proposto, que envolve a retirada de direitos e o risco de que os brasileiros, ao fim da vida laboral, encontrem grande dificuldade ou mesmo a impossibilidade de se aposentar, é que as centrais sindicais estão convocando uma Greve Geral para o dia 14 de junho. O Brasil irá parar em defesa do direito à aposentadoria dos brasileiros e das brasileiras. A única forma de barrar essa reforma é fazer o enfrentamento nas ruas. Vamos à greve geral.

(Com informações da CONDSEF)

Núcleo de Comunicação e Imprensa. #Sintsef



SINTSEF

O Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Federal no Estado da Bahia – SINTSEF/BA, foi fundado em 27 de agosto de 1989 e possui como lema ser: um elo de solidariedade e luta


Contate-nos

Ligue pra gente



Últimas Notícias



Cadastre o seu e-mail


Tópicos