36 x 13: texto básico da Reforma é aprovado em Comissão Especial
Brasília- DF. 04-07-2019- Deputados comemoram a provação da reforma da previdência na comissão especial da câmara.. Foto Lula Marques

36 x 13: texto básico da Reforma é aprovado em Comissão Especial

4 de julho de 2019

04/07/2019 - O texto básico da reforma da Previdência foi aprovado hoje na Comissão Especial da Câmara. 36 parlamentares votaram a favor e apenas 13 foram contra a matéria. O parecer, apresentado durante a madrugada, mantém as diretrizes da proposta original do governo Jair Bolsonaro. Mas ainda há muito jogo pela frente: a analise dos destaques apresentados pelos parlamentares está sendo feita numa votação em separado e eles podem alterar significativamente o texto.
Além disso, a batalha final será feita mesmo na votação em plenário, etapa seguinte da tramitação. Por isso, as Centrais Sindicais já estão convocando um novo ato nacional para o dia 12 de julho. A pressão nas redes é tão importante quanto a ação nas ruas, nos aeroportos e nas bases eleitorais dos deputados e senadores.
A sociedade brasileira precisa ter a consciência de que, se essa reforma for aprovada pelo Congresso Nacional, será definitivamente o fim do direito à aposentadoria, e a condenação dessa e de futuras gerações à miséria.
Diferentemente do previsto na proposta original do Executivo, o relator decidiu manter na Constituição a idade mínima para aposentadoria de servidores da União, de 65 anos para o homem e 62 anos para a mulher – esses patamares são, hoje, de 60 e 55 anos, respectivamente. Conforme o texto, a mesma regra terá de constar da legislação dos estados e municípios.
O texto propõe uma regra geral transitória, com idade mínima de 65 anos para os homens e 62 para as mulheres. Até que lei específica trate do tema, o tempo de contribuição no setor privado será de pelo menos 15 anos para a mulher e 20 para o homem; no setor público, 25 para ambos os sexos. Há ainda regras para grupos específicas, como professores.
40 anos de contribuição
Contudo, cabe lembrar que quem quiser receber 100% do valor do benéfico terá de contribuir durante 40 anos. Se passar de 40 anos, recebe mais de 100%. Em outros termos: será mais fácil morrer antes do que você receber o dinheiro que contribuiu a vida inteira..
REAJA AGORA – APOSENTÔMETRO
Informe-se. Participe das mobilizações contra a Reforma e ajude a construir uma frente de resistência popular em sua cidade, seu bairro ou até mesmo em sua vizinhança. A CUT lançou em abril o site ‘Reaja Agora’ ( http://reajaagora.org.br/ ) que permite aos trabalhadores e trabalhadoras se informarem sobre as principais alterações que o governo quer fazer nas regras da aposentadoria e como elas afetarão a vida de cada um.
O site também dá acesso a uma calculadora, o chamado ‘Aposentômetro’, para que todos possam calcular e comparar quanto tempo falta para se aposentarem com as atuais regras e com as regras propostas por Bolsonaro, caso o Congresso Nacional aprove a PEC.

Todos e todas também poderão baixar diversos materiais, como panfletos, cards, vídeos e áudios, que podem ser usados para explicar as maldades da reforma em casa, no local de trabalho, nas ruas, nas redes e durante as mobilizações.

Fonte: Núcleo de Comunicação e Imprensa. #Sintsef


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


SINTSEF

O Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Federal no Estado da Bahia – SINTSEF/BA, foi fundado em 27 de agosto de 1989 e possui como lema ser: um elo de solidariedade e luta


Contate-nos

Ligue pra gente