Categoria: Ebserh

agora-e-greve.jpg
6 de maio de 2021

O Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Federal no Estado da Bahia- SINTSEF/BA, CNPJ 32.699.811/0001-19, entidade sindical filiada à Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal- CONDSEF, CNPJ 26.474.510/0001-94 e à Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal- FENADSEF, CNPJ 22.110.805/0001-20, em cumprimento às exigências da Lei nº 7.783/89, comunica à população em geral e a todos os usuários dos serviços da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares- EBSERH, que os trabalhadores públicos da EBSERH, lotados no Hospital da Clínicas-HUPES, bem como na Maternidade Climério de Oliveira-MCO, em Salvador/ Bahia, deliberaram, em assembleia virtual realizada na terça-feira, 27 de abril, por paralisar suas atividades, por tempo indeterminado, a partir de 13 de maio do corrente ano (quinta-feira),  decisão ratificada pela Plenária Nacional da categoria, realizada em dia 29 de abril de 2021, também em formato virtual.

nota01-1280x582.jpg
22 de fevereiro de 2021

19/02/2021 – O Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Federal no Estado da Bahia (Sintsef/BA) repudia com veemência a série lançada pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), intitulada “Ebserh te Ajuda”, que tenta ridicularizar de forma desrespeitosa, descabida e insana o trabalho desempenhado pelos servidores públicos da área de saúde, muito deles, na linha de frente de combate à Covid-19.

Ferindo os princípios coletivos das adequadas relações de trabalho, nas ilustrações da publicação de responsabilidade da Ebserh, os trabalhadores são caracterizados desempenhando atitudes inapropriadas, generalizando a imagem dos servidores públicos como se todos descumprissem suas obrigações.

 No episódio 1, “Deveres e Obrigações”, sugere que servidores apenas se mantêm em busca de seus direitos e desconhece seus deveres. Já no episódio 2: “Descumprimento das determinações da chefia imediata” busca rotular uma companheira que não atende a solicitação do superior hierárquico, preferindo responder a um e-mail pessoal, do que atualizar as informações dos prontuários de clientes.

 Essa caracterização sugere, inclusive, a assédio moral por meio da chefia da Ebserh.  Em um total absurdo, é explicita a tentativa de ridicularizar os trabalhadores, por meio de falas ingênuas e infantilizadas.

 A publicação, que é encaminhada aos e-mails em linguagem chula, agressiva e intimidativa tem provocado desconforto e constrangimento aos servidores públicos. Inclusive, pode ser parte de uma tentativa nefasta em nível nacional de descrédito e ridicularização da imagem do trabalhador neste período em que é discutido o ACT da categoria, que tem na insalubridade o principal ponto. Atualmente, o cálculo para o pagamento é feito sob o salário base, mas a empresa, de forma desrespeitosa, quer alterar para o salário mínimo, levando prejuízos aos trabalhadores, o que gerou um impasse na negociação e a levou para o dissídio coletivo.

Além da intimidação por meio da insanidade deste veículo de comunicação, repudiamos esta manobra da empresa que não valoriza o trabalho desempenhado pelos servidores, inclusive vem cometendo nos últimos tempos várias irregularidades que têm gerado ações judiciais, por parte do SINTSEF-BA, em defesa dos direitos dos companheiros.

Manteremos um processo de luta constante, por meio de mobilizações para que os interesses do patronato não prevaleçam perante a intimidação dos trabalhadores.

Não toleraremos mais nenhum desrespeito, chacota, assédio a nenhum servidor público federal. A Ebserh tem que parar.

Fim do assédio moral e respeito a imagem e trabalho desempenhado pelos servidores públicos!


SINTSEF

O Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Federal no Estado da Bahia – SINTSEF/BA, foi fundado em 27 de agosto de 1989 e possui como lema ser: um elo de solidariedade e luta


Contate-nos

Ligue pra gente



Cadastre o seu e-mail


Tópicos