Arquivo de Notícias

ARQUIVO DE NOTÍCIAS

30/07/2018
SINTSEF-BA PARTICIPA DE REUNIÃO DO CONSELHO GESTOR DO HUPES.

30/07/208 - O Sintsef-BA foi uma das entidades convidadas a participar da reunião do Conselho Gestor do Complexo Hospitalar Universitário Professor Edgard Santos (Complexo HUPES ou Hospital das Clínicas, que compõe a estrutura da Universidade Federal da Bahia), na última quinta-feira, 26. A reunião teve como ponto de pauta a discussão sobre a segurança na região, após o ataque sofrido por uma enfermeira, sequestrada ao transitar no estacionamento, após seu turno de trabalho. O Sintsef-BA foi representado pelos Coordenadores Erilza Galvão (Formação) e Moisés Araújo (Jurídico), além dos representantes dos trabalhadores George Chian e Tiago Azevedo.

O Conselho Gestor é o órgão que formula a política geral e define critérios para execução dos Planos de Trabalho do Complexo HUPES. Na reunião de quinta-feira, o Conselho discutiu o tipo de segurança que se quer na Universidade, para não incorrer nos riscos da militarização do espaço universitário. A representação da EBSERH afirmou não ter controle total sobre as questões administrativas do HUPES: algumas responsabilidades setoriais, como a segurança, estão à cargo da Reitoria ou da FAPEX.  

Os participantes propuseram, ainda, a elaboração de um Programa de Segurança com distribuição de competências, buscar consultoria técnica de pessoal especializado, levantamento dos acontecimentos com pedidos de solução e instituir grupos de trabalho.

O Sintsef-BA considera a discussão de extrema relevância e propôs a realização de um convênio com a PM, seja através de ronda ou até a instalação de um posto fixo no local. Este assunto já foi motivo de reuniões anteriores com a Superintendência da EBSERH. O episódio recente de violência no local levou a entidade a recuperar essa pauta e encaminhar um ofício à Gestão da EBSERH na busca de soluções.

Há uma falta de segurança constante no espaço da Universidade, que não tem conseguido garantir a tranquilidade dos seus trabalhadores, estudantes e mesmo usuários. Na semana passada, um auxiliar de cozinha acusado de sequestrar e estuprar três mulheres em diferentes campi da UFBA foi preso pela Polícia Civil. A Universidade anunciou em nota uma série de medidas que serão implantadas nos campi para intensificar a segurança.

O Sintsef-BA espera que as medidas adotadas não sejam pontuais e inconsistentes, tomadas sem planejamento, e alerta que estará firme na cobrança de soluções duradouras, de longo prazo, a fim de evitar que novas vítimas sejam penalizadas. Mais que uma guarda patrimonial, responsável sobretudo pela proteção dos espaços e bens da universidade, queremos o compromisso direto do HUPES com a segurança das pessoas que por lá trabalham, estudam ou são assistidas.