Arquivo de Notícias

ARQUIVO DE NOTÍCIAS

10/08/2017
Trabalhadores da CONAB reafirmam representatividade da FENADSEF.

10/08/207 - A delegação da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) presente no último Encontro das Empresas Públicas da FENADSEF, realizado no último dia 29 de julho, em Brasília, divulgou esta semana uma Declaração aprovada no evento onde reafirma a legitimidade e representatividade da Federação na defesa dos interesses dos trabalhadores da empresa. Depois da tentativa da formação de um sindicato, não aprovado pelo Ministério do Trabalho, a Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio (CNTC), sem representatividade, continua sendo usada para atuar nas decisões de acordos coletivos e tentar driblar a vontade da maioria dos trabalhadores da empresa.

Para Celso Fernandes, Coordenador de Imprensa do Sintsef-BA, servidor da CONAB e um dos que assinam a nota, o momento político exige foco na unidade e o apoio de entidades fortes e combativas. “É preciso cuidado para não esquecer quem efetivamente nos apoiou nessa trajetória de lutas e tem força política efetiva para seguir nos acompanhando na busca por direitos e conquistas: a FENADSEF é a nossa melhor opção”, pontuou. A categoria não deve se deixar enganar por entidades de fachada e precisa estar atenta a todas as movimentações e luta em defesa de suas reivindicações. Confira a íntegra da nota:

ACT CONAB 2017/2018 - DECLARAÇÃO

Buscando construir a unidade dos empregados da Conab em defesa de nossas reivindicações, nós atendemos ao chamado da Asnab para discutir o ACT 2017/2018, mesmo a Asnab não sendo uma entidade sindical e mesmo depois de a proposta de ACT legítima legal construída pela FENADSEF e pelos sindicatos gerais de servidores e empregados públicos já ter sido entregue à direção da empresa em 14.06.17.

A unidade é tanto mais necessária numa conjuntura em que nossos direitos estão sendo ameaçados diariamente, inclusive com medidas que afetam o bom funcionamento da CONAB, empresa que defendemos por ser necessária à construção de um Estado que mitigue a desigualdade social.

Nesse sentido, nos comprometemos a levar para a FENADSEF incorporar em sua pauta as reivindicações levantadas nas instâncias da Asnab.

Não podemos aceitar, no entanto que seja atacada a representação histórica dos empregados públicos da CONAB que é a FENADSEF, à qual se filiam os sindicatos gerais, que foram construídos, em todo o Brasil, com a participação direta e decisiva dos empregados da CONAB, nas décadas de 1980 e 1990.

Não aceitamos que o patrão decida quem representa os trabalhadores. Defendemos a independência sindical. Não aceitamos a política da diretoria anterior da CONAB que utilizou subterfúgios ilegítimos para atacar os sindicatos gerais.

A CNTC representa comerciários. Nós somos empregados públicos. A Carta sindical da FENADSEF - que filia sindicatos gerais de servidores e empregados públicos de todo o Brasil - é explícita ao dizer que representa os empregados públicos.

Por ser ilegal e ilegítima não reconhecemos nenhuma decisão que implique em dar à CNTC o direito de assistir ao ACT 2017/2018. Nós somos contra o imposto sindical. Em nome da transparência, exigimos que seja informado quanto foi repassado de imposto sindical para a CNTC nesses anos todos.

Vamos continuar lutando para que atual direção da CONAB reconheça a legítima e legal representação dos empregados da CONAB que é a FENADSEF e seus sindicatos filiados.

Vamos continuar buscando construir a unidade dos empregados públicos, inclusive com apoio da ASNAB, para que nossas reivindicações sejam atendidas.

Brasília, 29 de julho de 2017

ADRIANO GONÇALVES DE OLIVEIRA-MT, ANTONIO MENDONÇA-PE, ANTONIO PEREIRA DE OLIVEIRA-PI, ARYELLY DE SOUZA FARIAS-MT, CELSO FERNANDES DE S’ANTANA-BA, DEALCI ALVES FERREIRA-ES, ELISEU LIMA SOUZA-CE, ENOS BARBOSA-DF, FERNANDO PIVETTA-MT, JOACIRA SANTANA RODRIGUES-MT, JOALITA QUEIROS DE LIMA-DF, JOAQUIM MARQUES-PE, JOAQUIM SOUSA DE OLIVEIRA-CE, JOENILSA LOPES RIBEIRO-GO, JOSÉ ALFREDO DONATO-CE, JOSÉ FERREIRA-CE, JOSÉ FLÁVIO LUIZ SABOR-CE, JOSÉ FRANCISCO-ES, JOSÉ LUÍS S. FREITAS, JOSIMAR MARTINS LIMA-CE, MARCIA VITORIA VILA NOVA-DF, MARIA HELENA COSTA-PE, ROBSON FERREIRA D. SOUZA-PE, WAGNER WELLINGTON BRITO-PI.