Arquivo de Notícias

ARQUIVO DE NOTÍCIAS

09/08/2017
ACT 2017/2018 – Negociações da EBSERH terão nova rodada na próxima semana.

09/08/2017 - Representantes eleitos pelos empregados da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) estarão em Brasília na próxima semana, dia 18/08, para participar de mais uma rodada de negociações do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2017/2018. Como de hábito, antes da reunião com representantes da empresa, haverá reuniões preparatórias com a comissão dos empregados que compõem a mesa de negociação juntamente com a Condsef/Fenadsef e representantes das demais entidades que participam da rodada.

No último dia 02/08, a Condsef/Fenadsef e a FNE foram recebidas pela direção da EBSERH, a pedido das próprias entidades, que buscavam avanços para as demandas dos trabalhadores, como a negociação do ACT-2017/2018 e o processo de mobilizações/greves dos empregados nos dias 28/04, 30/06 e 26/07/2017.

Sobre o corte de ponto dos dias de paralisação, a EBSERH afirmou que, embora reconheça o direito de greve, a orientação da direção é pelo desconto. As entidades argumentaram que as mobilizações dos empregados foram legítimas e só ocorreram por causa da falta de avanços para a pauta de reivindicação apresentada na proposta de ACT-2017/2018. Os representantes da empresa comprometeram-se em analisar a questão junto aos setores responsáveis e buscar outras possibilidades de conduzir o assunto.

A empresa também optou por adiar as discussões do ACT para a reunião da próxima sexta-feira. A expectativa das entidades é que a nova rodada avance sobre o que foi afirmado no mês passado, às vésperas da mobilização nacional da categoria. Na ocasião, a representação da EBSERH informou que, mesmo não sendo essa a posição da empresa, a SEST (Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais) teria posição firmada de não conceder reajustes para a categoria e seria contra vários pontos da proposta de ACT apresentada em janeiro. Essa decisão de não reajustar os salários dos empregados públicos em 2017 já foi levantada pela imprensa com relação a outras categorias (clique aqui para saber mais), mas ainda não foi oficializada pela EBSERH.

Mesmo diante de todas essas dificuldades e do triste cenário político e econômico do Brasil atual, o Sintsef e a Condsef-Fenadsef advertem que não há outra saída senão fortalecer a mobilização. Somente a unidade e a organização dos trabalhadores serão capazes de fazer frente para resistir e reverter os desafios que se apresentam. Por isso é tão importante participar das assembleias e contribuir para o debate. Esta luta também é sua!