Arquivo de Notícias

ARQUIVO DE NOTÍCIAS

03/08/2017
Vitória de Temer não deve refrear a luta dos trabalhadores.

02/08/2017 - A vitória de Michel Temer na votação de ontem, na Câmara dos Deputados, mais um triste espetáculo midiático-circense do cenário político brasileiro na atualidade, não deve refrear o movimento dos trabalhadores para combater a perda de direitos, a precarização das relações de trabalho e a ameaça de escravidão. O que está em pauta é uma fraude contra os setores mais frágeis da sociedade. É preciso resistir, lutar por democracia e dizer não à precarização, prosseguir nas ruas contra os ataques de todos os setores do poder à classe trabalhadora.

Sem respaldo popular, com mais de 90% dos brasileiros enxergando o País no rumo errado, como pontuou a Condsef, o governo ilegítimo instalado após o Golpe de 2016 tem conseguido implantar reformas profundas que devem impedir as chances de recuperação de nossa economia e podem acelerar e aprofundar a já grave desigualdade social que tanto atrapalha o crescimento do País. Dois dos grandes responsáveis pela derrocada brasileira, como a Reforma Trabalhista e a Emenda Constitucional (EC) 95/16, que impõe um teto de investimentos no setor público pelos próximos vinte anos, já são mudanças aprovadas por um Congresso Nacional contaminado e que também não representa os anseios da maioria da população.

Com o pedido de investigação barrado na Câmara, Michel Temer só poderá ser julgado na Justiça Comum quando deixar a presidência da República, já que somente com a concordância dos deputados o STF pode julgar um presidente.

Mas esta luta ainda está longe de acabar. Desde já, precisamos não ceder ao espírito derrotista e passivo, sair dessa opressão paralisante e nos organizar. Os ataques, que certamente ainda virão, só serão barrados com muita luta e mobilização. Para isso, a união será fundamental. Vamos abraçar uma causa que é de todos: nenhum direito a menos.

Foto: Lula Marques/AGPT